• PPGBC4
  • PPGBC6
  • PPGBC1
  • PPGBC2
  • PPGBC3
  • PPGBC5
  • PPGBC7
  • PPGBC8
  • PPGBC10
  • PPGBC11
  • PPGBC12
  • PPGBC13

Bolsas e Auxílios

As agências de fomento do Brasil, CAPES, CNPq e FAPEMIG, mantém uma política permanente de cotas de bolsas de mestrado e doutorado de tal forma que um número específico de bolsas são encaminhadas aos Programas de Pós-Graduação credenciados de todo o Brasil (CAPES e CNPq), e no Estado de Minas Gerais (FAPEMIG). A distribuição dessas bolsas aos alunos fica sob responsabilidade dos respectivos Colegiados de cada Programa, de acordo com as disposições estabelecidas pelos seus Regulamentos. No caso do nosso Programa, conforme regulamento, os critérios para distribuição são estabelecidos pela Comissão de Bolsas, a qual é indicada pelo Colegiado e subsequentemente instituída mediante portaria pelo Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas. Assim, através da Portaria ICBIM N° 04/11 de 15 de abril de 2011, ficou estabelecido que a Comissão de Bolsas do nosso Programa será o próprio Colegiado. Assim, essa Comissão definiu que o critério usado para distribuição de bolsa em nosso Programa será o mérito, obedecendo a ordem de classificação no processo seletivo.

Convém lembrar que CAPES, CNPq e FAPEMIG encaminham às Universidades com Programas de Pós-Graduação um número limitado de bolsas. Nesse sentido o Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Estrutural Aplicadas não assumirá o compromisso de conceder bolsas a todos os alunos ingressantes.